Home » Notícias » Depois de dois dias, Brasil se mantém no TOP 10 no Six Days da França

Depois de dois dias, Brasil se mantém no TOP 10 no Six Days da França

30/08/2017

A Seleção Brasileira finalizou o segundo dia de competição na França, pelo Internacional Six Days de Enduro – ISDE. Assim como no primeiro dia, o time se mantém entre os dez melhores do mundo.

O segundo dia de competição teve o mesmo percurso e as mesmas especiais do primeiro dia de prova. Mas se isso poderia ser uma vantagem, pelo fato dos pilotos já conhecerem o trajeto, se tornou em uma enorme desvantagem. O terreno foi muito “castigado” pela passagem de cerca de oitocentas motos, e além da enorme quantidade de poeira, surgiram muitas raízes e pedras por baixo do pó, deixando o percurso bastante traiçoeiro.

Bruno Crivilin sofreu o maior revés do dia. Tentando apertar o ritmo, sofreu duas quedas e voltou a sentir dores na costela, que havia lesionado no Romaniacs. Terminou o percurso com muita dor, mas ainda assim segue na competição, tentando manter um bom ritmo.

“Finalizar o dia hoje foi bastante difícil, tomei duas quedas muito fortes. Eu já vinha sentindo muitas dores na costela, ontem quase nem consigo trocar o pneu por causa da dor, mas hoje ficou bem pior. Vamos assim mesmo, um dia de cada vez. Acredito que a lesão na costela voltou, acho que quebrou de novo. Eu sabia que isso poderia acontecer, então agora a briga é contra a dor, vamos lutar pra finalizar bem esses seis dias. Vou tentar fazer o possível para nosso time conquistar um bom resultado.”, explicou Crivilin.

JS- AGO17 -ISDE 066 Dia 2

Já o mineiro Rômulo Bottrel foi o mais rápido do time brasileiro. Se ontem teve problemas com a suspensão traseira, hoje pode andar mais forte, mas com consistência pra finalizar bem todos os dias.

“O dia hoje foi bem longo e exigente, com muito calor e bastante poeira, bastante desgastante. O terreno estava bastante traiçoeiro, com muita cava, muita erosão, muitas raizes, tocos e pedras por debaixo do pó, então era preciso muita atenção para tentar andar forte. Tentei ser o mais consistente possível e procurei não errar, porque qualquer erro pode colocar tudo a perder e estamos só no segundo dia ainda, temos mais quatro pela frente. Nos mantemos entre os dez melhores e isso é o mais importante. Amanhã tem mais e o principal objetivo é chegarmos inteiros e com uma boa colocação ao final dos seis dias.”, disse Bottrel.

JS- AGO17 -ISDE 056 Dia 2

O terceiro dia terá um roteiro inédito para os pilotos. Serão cinco testes especiais cronometrados e cerca de duzentos e cinquenta quilômetros de percurso. Existe previsão de chuvas para esta quarta-feira, o que pode deixar tudo ainda mais difícil para os pilotos. A prova só chega ao fim no próximo sábado, ao final dos seis dias de competição.

A Equipe Orange BH KTM Racing tem patrocínio da KTM Brasil, Borilli Racing, ASW, Motul, BrParts, Dragon, Gaerne, Exceed, MrPro, BMS Racing, USWE, Academia do PIC e Alex Design. Pertence ao Grupo Orange, que distribui no Brasil com exclusividade as marcas Airoh e Kini Red Bull. São mais de quatro mil produtos nas concessionárias Orange BH KTM, O2BH Yamaha e O2BH Kawasaki, que se localizam em Belo Horizonte e possuem juntas 1.650m2, a maior loja do segmento no Brasil. Mais informações em orangebh.com.br ou o2bh.com.br

#241 – Rômulo Bottrel
#243 – Bruno Crivilin

Crédito das fotos: Janjão Santiago

Redação por: - Todos os direitos reservados.

Bitnami