Home » Notícias » Brasileiro de Enduro: vitória de Bárbara Neves e ótimos resultados da Orange BH KTM

Brasileiro de Enduro: vitória de Bárbara Neves e ótimos resultados da Orange BH KTM

19/09/2017

A Equipe Orange BH KTM Racing conquistou resultado inédito na modalidade: seus pilotos dominaram o final de semana em Araxá, palco do Campeonato Brasileiro de Enduro, fazendo uma dobradinha na Geral e colocando três pilotos entre os quatro primeiros. Além disso, venceram também as principais categorias, a E1, E2 e E3.

No sábado, Rômulo Bottrel venceu a Geral. No domingo foi a vez de Bruno Crivilin vencer a prova. Na soma das duas etapas, Crivilin foi o Campeão, com Rômulo Bottrel na segunda colocação. Além deles, Patrik Capila conquistou um excelente quarto lugar na classificação Geral.

Com os resultados do final de semana, a disputa do título fica para a última prova da temporada, que também terá rodada dupla e 50 pontos em disputa. Bruno Crivilin segue disposto a vencer o campeonato e fechar a temporada com chave de ouro, depois de sagrar-se campeão do Romaniacs e conquistar a medalha de ouro no Six Days.

“O ano tem sido muito bom para mim e minha equipe. Conquistamos a vitória no final de semana de forma incontestável, eu e o Bottrel fomos os mais rápidos durante toda a prova. Isso é fruto de muito trabalho e muita dedicação por parte de toda a equipe, que vem trabalhando forte e muito unida. Não posso deixar de agradecer a todos da Equipe que vem fazendo de tudo pra que nós pilotos possamos conquistar esses ótimos resultados. Estou muito confiante para a última etapa, vamos lutar até o fim.”, comemorou Crivilin, que utiliza uma KTM 350 EXC-F no campeonato brasileiro de enduro.

JJSET17-CBE 031Bruno Crivilin

Os pilotos também dominaram suas categorias. Na categoria E1, Patrik Capila venceu no sábado e foi segundo no domingo. Na soma dos resultados, escalou o degrau mais alto do pódio e saiu com a vitória no final de semana.

“Eu estava na terceira colocação na classificação do campeonato, a dez pontos do segundo colocado. Não me restava outra opção senão partir pra cima desde o início. Consegui andar em um ritmo muito bom, apesar das dificuldades das trilhas, bastante exigentes, e venci o sábado. No domingo repeti a dose e acelerei forte, saio de Araxá com a vitória na categoria. A diferença que era de dez pontos caiu pra um ponto e a briga fica pra última etapa, em Farroupilha/RS.”, relatou Patrik, que disputou a prova com uma KTM 250 EXC-F.

JJSET17-CBE 030Patrik Capila

Na Categoria E2 Bruno continua imbatível e adicionou mais duas vitórias na temporada. Com isso, segue para a última etapa com uma vantagem que lhe dá segurança na briga pelo título.

“São mais duas vitórias importantíssimas, que me dão um pouco mais de tranquilidade pra última prova. Mas ainda assim, chego no final disposto a acelerar tudo pra vencer e fechar com chave de ouro esse ano. Consegui desde o início da temporada imprimir um certo domínio na categoria, o título está muito próximo, mas sei que não podemos vacilar e vamos trabalhar duro até o fim.”, disse Crivilin.

Na Categoria E3 o mineiro Rômulo Bottrel está com uma mão na taça de campeão. Ele abriu boa vantagem e chega tranquilo na reta final. Para o piloto, basta largar na última prova para conquistar mais um título de Campeão Brasileiro.

“Viemos toda a temporada trabalhando forte e conquistando os resultados para chegar agora com certa folga pra última etapa. A Equipe toda está de parabéns. Isso é fruto de muito trabalho. Sabíamos desde o princípio do que éramos capazes e estamos conquistando muitas vitórias ao longo da temporada. O título está quase na mão, mas vamos esperar a última prova, pra então fecharmos com chave de ouro e podermos então comemorar, todos da equipe, as conquistas desse time, que não mede esforços pra que possamos acelerar e conquistar esses resultados.”, disse Bottrel, que na temporada corre com uma KTM 300 EXC, motocicleta dois tempos.

JJSET17-CBE 017Rômulo Bottrel

O evento batizado de Enduro Dona Beja ainda foi válido como a grande final para a categoria EFeminina. Bárbara Neves (Zanol Team Rinaldi ASW) que disputou pela primeira vez o campeonato, confirmou o título inédito e é a primeira campeã da temporada 2017.

– Eu me dediquei e evoluí bastante durante o ano, tive que aprender muito para conquistar o título. Agradeço a todos que estiveram do meu lado: o meu pai, que me ensinou a andar de moto, a Zanol Team Rinaldi ASW, os patrocinadores e o chefe de equipe Felipe Zanol e seus pais, Jacy e Dora, que me ajudaram muito nos treinos e bastidores – comemorou Neves.

IMG_1861Bárbara Neves

Agora os pilotos preparam-se para a prova final, que acontece na cidade gaúcha de Farroupilha, em outubro. Mas antes disso os pilotos tem outros desafios. Bruno Crivilin disputa no final do mês o Red Bull Los Andes, no Chile, enquanto Rômulo Bottrel e Patrik Capila participam do Barãomaniacs, etapa do Brasileiro de Hard Enduro que acontece na cidade de Barão de Cocais.

 

Resultados acumulados dos dois dias de provas

Enduro GP
1. Bruno Crivilin – 47
2. Rômulo Bottrel – 43
3. Júlio Ferreira – 42
4. Patrik Capila – 32
5. Vinícius Luis da Silva – 32

E1
1. Patrik Capila – 47
2. Victor Miranda – 42
3. Loandro Anton – 38

E2
1. Bruno Crivilin – 50
2. Júlio Ferreira – 44
3. Diego Colett – 40

E3
1. Rômulo Bottrel – 50
2. Rigor Rico – 44
3. Ripi Galileu – 40

EJúnior
1. Vinícius Luis da Silva “Musa” – 47
2. Vinícius Calafati – 43
3. Willian Dalmonech – 40

E4 Light
1. Tiago Wernersbach – 50
2. Marcos de Souza – 44
3. Renato Costa – 38

E35
1. Nielsen Bueno – 50
2. André Barbosa – 42
3. Adriano de Avila – 40

E40

1. Beto Lamego – 50
2. William Meneses – 44
3. Cassiano Tebaldi – 40

E45
1. Pélmio Simões – 50
2. Marcos Benvenutti – 42
3. Laurindo Zatorski Filho – 42

E50
1. Cleber Sacramento – 50
2. Gustavo Jacob – 50
3. Isaias Rosa – 50

EAmador
1. Augusto Benvenutti – 44
2. Filipe de Lima – 43
3. Uliam Bunetta – 40

EFeminina
1. Bárbara Neves – 50
2. Janaína Souza – 44

Classificação do campeonato após seis etapas

Enduro GP
1. Luis Oliveira – 256
2. Bruno Crivilin – 223
3. Júlio César Ferreira – 219

E1
1. Luis Oliveira – 275
2. Loandro Anton – 232
3. Patrik Capila – 199

E2
1. Júlio Ferreira – 267
2. Diego Colett – 240
3. Bruno Crivilin – 238

E3
1. Rômulo Bottrel – 283
2. Gustavo Pellin – 227
3. Rigor Rico – 204

EJúnior
1. Vinícius Calafati – 235
2. Gabriel Lucas Soares “Tomate” – 235
3. Willian Dalmonech – 230

E4 Light
1. Tiago Wernersbach – 263
2. Jaime Zorzal – 229
3. Bruno Martins – 100

E35
1. Nielsen Bueno – 295
2. Diogo de Andrade – 220
3. André Barbosa – 145

E40
1. Cassiano Tebaldi – 222
2. Luciano de Lima – 200
3. Beto Lamego – 140

E45
1. Pélmio Simões – 280
2. Marcos Benvenutti – 232
3. Laurindo Zatorski Filho – 215

E50
1. Roberto Theodoro – 166
2. Gustavo Jacob – 108
3. Cleber Sacramento – 100

EAmador
1. William Palandi – 200
2. Augusto Benvenutti – 180
3. Roberto Theodoro – 79

EFeminina
1. Bárbara Neves – 144
2. Janaína Souza – 116
3. Tainá Aguiar – 40

Créditos: Janjão Santiago/Orange BH KTM/Christine Wesendonk/Mau Haas

Redação por: - Todos os direitos reservados.

Bitnami